segunda-feira, dezembro 08, 2008

NO CENÁCULO

Nos braços de Deus
Leia Mateus 1.18-25
[...] para buscarem a Deus se, porventura, tateando, o possam achar, bem que não está longe de cada um de nós. Atos 17.27
......................
Luzes brancas piscam em minha árvore de Natal enquanto desembrulho as delicadas figuras do presépio e as coloco sob a árvore. Corro meus dedos pelo minúsculo menino Jesus de porcelana e mais uma vez me admiro com o milagre do nascimento dessa santa criança. Há exatos 30 anos, meu primeiro filho faleceu, vítima de Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI)*. Na época, eu não era crente, mas não podia compreender por que Deus deixaria meu precioso filho morrer. Minha busca por respostas me lançou numa jornada que mudaria minha vida. Embora meu sofrimento fosse quase insuportável, Deus, aos poucos, me trouxe para perto de Si e substituiu a dor pela incrível alegria de conhecer o perdão pelos meus pecados e a certeza da vida eterna por meio de Jesus. Comecei a compreender a magnitude do amor de Deus por mim: o Senhor enviou Seu Filho à terra sabendo que Ele iria morrer. Todos os anos, neste dia, quando penso em meu filho que morreu, penso na vida que encontrei em Cristo, o Filho de Deus. Não tenho todas as respostas para as difíceis perguntas da vida, mas posso repousar segura nos braços de Deus, que as tem. Isso me basta.
Oração: Amado Deus, obrigada por Tua promessa de que todos que Te buscarem irão Te encontrar. Em nome de Jesus. Amém.
Pensamento para o dia: Deus nos sustenta enquanto enfrentamos as perguntas mais perturbadoras da vida.
Caroleah Johnson (Califórnia, EUA)
Oremos pelas pessoas que passarão o Natal com angústia no coração.
*N. da T.: Maior causa de morte entre os bebês, é o falecimento repentino de uma criança pequena, que permanece sem explicação mesmo após investigação e autópsia completas

1 Comentários:

Blogger Honestino Afonso Xavier disse...

Bom dia.

parabéns pelo blogger..

quando der visite o meu

deixe recados..

abraços

12:52 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial